December 8, 2017

November 14, 2017

Please reload

Posts recentes

Contenção ortodôntica é importante?

March 6, 2019

1/10
Please reload

Destaques

Quais os benefícios dos concentrados sanguíneos nas cirurgias odontológicas?

July 20, 2016

Diversos procedimentos cirúrgicos são indicados para extração de dentes, cirurgias plásticas gengivais, cirurgias de enxertos ósseos e implantes osseointegrados. Quando indicamos cirurgias, principalmente as de enxertia, os pacientes costumam relacionar com sangramento, dor, inchaço, risco de rejeição e tempo de cicatrização.

 

Pensando na qualidade do pós-operatório e na velocidade de recuperação do paciente, a Odontologia vem lançando mão de técnicas cirúrgicas com a incorporação de concentrados sanguíneos. Através do processamento do sangue do paciente, coletado antes do procedimento cirúrgico, obtém-se um concentrado de células envolvidas no processo de reparação tecidual. Esse concentrado é adicionado às feridas cirúrgicas, com o objetivo de otimizar o processo de cicatrização, fazendo com que novos tecidos sejam criados de forma mais acelerada.

 

 

 

Os estudos científicos têm mostrado diversos benefícios ao se realizar engenharia tecidual: uma reparação mais rápida dos tecidos, assim como um menor risco de infecção, menor sangramento pós-operatório e menos dor.

 

 

 

Existem diferentes técnicas descritas na literatura. A técnica que utilizamos em nossa prática é a do L/A-PRF (Leukocyte/Advanced - Platelet Riche Fibrin - Fibrina rica em Plaqueta e Leucócitos). Tanto as plaquetas quanto os Leucócitos são componentes do sangue que estão envolvidos nas cascatas de coagulação e reparação tecidual, a partir do momento que liberam os fatores de crescimento celular. Quando coletamos o sangue do paciente e processamos numa centrífuga, separamos esses elementos das hemácias na forma de um coágulo que permite ser manuseado de diferentes formas para serem aplicados nas cirurgias.

 

 

Os resultados têm sido muito bons e temos buscado incorporar em nossos procedimentos, melhorando bastante a qualidade dos nossos trabalhos. Tudo isso com ausência total de risco para o paciente, sem que haja possibilidade de rejeição, uma vez que é o próprio sangue do indivíduo que é utilizado.

 

O PRF vem sendo utilizado em diversas aplicações, desde cirurgias regenerativas ósseas, quanto cirurgias para recobrimento de retrações gengivais, tratamento de feridas de pele, rejuvenescimento facial, aumento de volume labial, tratamento de distúrbios da ATM, tratamento de doenças periodontais e periimplantares, .

 

 

 

 

 

 

Please reload

Arquivos